Estrias? E agora?

23:03
Esse problema é mais comum do que você imagina e com certeza você já reparou que várias meninas tem estrias. E isso é muito chato, principalmente quando estamos na adolescência. Mas aprenda a lidar com isso!

Pra começar
Durante a puberdade, o corpo da menina passa por várias mudanças, como o crescimento dos seios e dos quadris. E quando esse desenvolvimento é rápido, a pele não consegue se adaptar. Por conta da elasticidade da pele aparece as pequenas estrias avermelhadas. Elas costumam aparecer nos seios, quadris, culotes, coxas e no bumbum. 
Pode parecer super estranho, mas o que poucas pessoas sabem é que as estrias tem idade. As rosadas são as mais jovens e, com o passar do tempo, tornam-se brancas. Esse é um problema que não tem solução, mas pode ser amenizado se o tratamento for realizado enquanto elas ainda estão avermelhadas.

Xiiii...
Não é só por conta da puberdade que provoca as estrias. Há uma série de fatores que também contribuem para o surgimento dessas listras chatinhas.

- Engordar e emagrecer de forma continua (o famoso efeito sanfona)
- Excesso de exercícios físicos, pois quando os músculos aparecem de forma bem rápida, eles esticam a pele e rompem as fibras.
- Gravidez
- Tomar sol em exagero (pois as fibras ficam frágeis)
- Banhos muito quentes (já que removem a camada protetora da pele)

Tratamentos
Você pode optar por alguns cuidados se as estrias a incomodam muito. Lembre-se que esse problema não tem cura e os procedimentos feitos com um dermatologista são focados na melhora do aspecto da pele. Os preços não são muito baratos, mas os resultados valem super a pena. Se você conversar com um médico, ele vai te indicar o tratamento de acordo com suas necessidades. Mas o melhor mesmo é não encanar com as estrias. Grande parte das mulheres e adolescentes tem e o lance é aprender a conviver com elas e gostar de verdade de si mesma, ok?

Previna-se!!
Investir na prevenção é sempre o melhor remédio, então:

- Beba bastante água.
- Escolha um bom hidratante e passe no corpo todos os dias. 
- Controle o seu peso para evitar o efeito sanfona.
- Evite banhos muito quentes e a exposição ao sol por longos períodos.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.